quinta-feira, 28 de maio de 2009

O ARREBATAMENTO




Nada a declarar.

pense nisso...

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Melhor não te querer, a não te conhecer



Simplesmente Amor...(Olhares.br - 1288870)
O Amor-Necessidade diz de uma mulher: ‘Não consigo viver sem ela’. O Amor-Doação deseja proporcionar a ela felicidade, conforto, proteção — e, se possível, riqueza; o Amor Apreciativo a contempla, e prende a respiração, e se cala, e se alegra por tamanha maravilha existir, mesmo que não para ele, e não se sente inteiramente deprimido por perdê-la, e preferiria perdê-la a jamais tê-la visto.
C. S. Lewis

Blogueiro no hospital

As vezes eu imagino, se por acaso tiver que me afastar do GCMPP (Bobagento) por vários dias. Se eu tiver algum problema de saúde e tiver que ser internado no hospital, as imagens abaixo dão uma boa idéia do que eu faria:

O menestrel - William Shakespeare


terça-feira, 26 de maio de 2009

A retórica do discurso evangélico


Foto: Roberto Cicchine , www.olhares.com/cicchine

Por Saulo Luz

Os líderes evangélicos dizem que igreja não salva ninguém.
Mas não acreditam realmente que alguém que não frequenta igreja alguma possa ser salvo.

Os líderes evangélicos dizem que Deus ama quem dá $ com alegria.
Mas não acreditam que um irmão pode estar precisando exatamente do contrário: receber

Os líderes evangélicos dizem que não existe representante de Deus na Terra.
Exceto quando se trata do dízimo, pois, ao não entregá-lo para a instituição religiosa, o crente está roubando a Deus.

Os líderes evangélicos dizem que o exame das escrituras é livre.
Mas não aceitam a exposição de opiniões e interpretações diferentes na Escola Dominical.

Os líderes evangélicos dizem que o sacerdócio é universal.
Mas não acreditam que ovelhas possam viver sem se submeter às autoridades eclesiásticas.

Os líderes evangélicos dizem que Deus odeia o pecado e ama o pecador.
Mas não acreditam que Deus possa amar aos “gentios” tanto quanto aos crentes.

Os líderes evangélicos dizem que não existe “pecadinho” e nem “pecadão”.
Mas disciplinam irmãos por causa de alguns pecados considerados mais graves e ignoram outros pecados tidos como menos graves.

Os líderes evangélicos dizem que é preciso amar ao próximo como a ti mesmo.
Mas pensam que o “próximo” se refere somente aos seus irmãos de fé e não aos que confessam outra (ou nenhuma) fé.

Os líderes evangélicos pregam que é preciso dar a outra face ao inimigo.
Mas não fazem desta maneira com grupos pró-aborto, macumbeiros, homossexuais e ateus.

Os líderes evangélicos dizem que Deus é soberano e sua vontade é o melhor.
Mas não tem temor ao aconselhar ao rebanho a exigir que Deus “olhe para eles” para poder tomar posse das benção$.

Os líderes evangélicos pregam que Jesus foi pobre, andou com pecadores, venceu o diabo no deserto e sofreu morte de cruz.
Mas te fazem acreditar que você está pobre (ou no leito da morte) porque não tem fé. Provavelmente está endemoniado e anda com pecadores.

Viver e liderar um evangelho assim é fácil, não?

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Testemunho do Sonny do P.O.D.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Rob Bell - 07 - Luggage



Parte 1



Parte 2

quarta-feira, 20 de maio de 2009

As respostas + criativas idiotas dadas em Provas Read more: "As respostas + criativas idiotas dadas em Provas

Fiz uma seleção de imagens (fatos verídicos) que encontrei na net para mostrar a vocês como ser criativo ou não na hora da prova, naquela pergunta que você não sabe a resposta.

Prepare-se para dar boas gargalhadas! São 21 gafes para você se divertir. LOOK:

15

Viva a Revolução!!!

23Deus converte mesmo!

42

Principalmente se o aluno for carioca, morô?!

61

Exemplo de um vírus envelopado: Antrax! Sacou? rs


71Bela expansão!!! hahahaha

82Além disso, não sabia que Michelangelo tirava fotos. Aliás, pensava que era Leonardo da Vinci…

9Jurava que estava certo!

10Esse O.O que o professor fez, foi um olhar de espanto ou foi um zero?

111Uaii professor, moreninha?…Você queria que fosse o que? Um Pardal?

121Fail!! kkkk

131Agora encontre o zero!

141Não sei se rio da resposta ou do sermão do prof … kkkkk

151A Hebe acertaria essa questão! (já que a Derci morreu)

prova15

Pelo menos ele chegou na metade. Aposto que você mão saberia nem começar. rs

prova16… e a casa do Gleicou!!!

vale_do_paraiba

Vale balada que é bom, NADA!

digitalizarChico Xavier ensinou ele.

450px-provadesciclo5Vaiiii Plaaneta!!!

provadesciclo6Depois dessa declaração, merecia 10, HEIN PROF?!

prova_rs22Ele tirou 9,2 na prova. Ele só queria sair no insoonia.

provadesciclo3

Também achei que estava certo. kkkkkk

Fala sério, riu muito neh? Se não riu, considere-se parente desses alunos.

Carrinho de bebê bem prático

E viva a tecnologia!!!

17253344526373

Da hora!!!

De quem foi o RG de número 1?

Foi o documento de identidade de Edgard Costa, emitido em 1907. Na época, Costa era o presidente do gabinete de identificaçãoe de estatística da polícia do Distrito Federal, dos tempos em que o Rio de Janeiro era a capital do país. Edgard Costa era advogado e começou no gabinete como auxiliar, em 1905. O RG (sigla para Registro Geral) nem tinha esse nome, e sim registro civil. Antes disso, no século 19, documento era coisa rara no Brasil. Em muitos eventos, como casamentos e óbitos, quem fazia os registros era a Igreja Católica.

rg_insoonia2

Em 1875, foram criados os primeiros cartórios, e em 1888 o registro de nascimentos, casamentos e mortes passou a ser feito obrigatoriamente por órgãos do Estado. Daí vieram os primeiros esboços de um registro geral da população. Os primeiros a serem fichados foram os criminosos, “benefício” que depois passou aos brasileiros que viajavam ao exterior, e, por fim, a todos.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Mulheres ainda são assediadas no trabalho



Um estudo realizado pelo instituto Harris Interactive divulgou que uma entre quatro mulheres sofre discriminação no emprego e que 17% das pessoas do sexo feminino já se sentiram assediadas sexualmente no ambiente onde trabalham. A pesquisa foi feita pela internet e 31% das mulheres entrevistadas afirmaram ter sido vítimas de tratamento injusto.

As principais queixas das mulheres são sobre a falta de crédito por seus trabalhos, o desprezo pelas suas observações, idéias e sugestões e, principalmente, por serem deixadas de lado na hora das promoções.

Rosemary Haefner, do site CareerBuilder.com, um dos responsáveis pela pesquisa, afirmou que isso ainda ocorre atualmente porque as próprias mulheres não se sentem capazes de reivindicar os seus direitos. Segundo ela, quase metade das mulheres que já sofreram algum tipo de discriminação não registraram queixas porque achavam que isto não faria nenhuma diferença. Além disso, as mulheres não reclamam porque não querem ser tachadas como encrenqueiras.

De todas as mulheres que participaram da enquete, quase um quarto disse que tem menos oportunidades no emprego do que os homens com a mesma qualificação, nível de competência e experiência. Quase 30% dessas mulheres afirmam receber salários menores do que o dos homens. Mas apesar desses números consideráveis, mais da metade das mulheres entrevistadas afirmou ter o mesmo salário e as mesmas oportunidades que seus colegas do sexo masculino.

Reportagem por
Juliana Miguel

Cristofobia?

Mais um texto sobre a realidade do comportamento do mundo atual em relação ao cristianismo.

The young men attacks the beautiful girl. Isolation on a white background photo

Em diversos artigos publicados na imprensa local, há um par de anos, discutia-se a cristofobia, definida como a perseguição de cristãos na Suécia. Cristãos seriam fundamentalistas e culpados pelos pecados cometidos em nome de sua fé, ao longo de séculos. São aqueles contra a modernidade, o aborto, as pesquisas com células-tronco. São os símbolos do atraso e da falta de sincronia com o mundo atual. Pessoas menos dotadas, enfim.

Para tomar como exemplo uma questão muito na moda, sobre a qual, aliás, tenho que contar em algum texto futuro, discute-se, no momento, a possibilidade de casamentos homossexuais serem celebrados pela Igreja Sueca. A existência da discussão, com a clara divisão entre os pastores a favor e contra, é citada como um exemplo do que seria a discriminação das igrejas cristãs contra pessoas, baseada na sua identidade sexual.

Mas, alguém perguntava, então, por que será que ninguém pede a celebração de casamentos de pessoas do mesmo sexo nas mesquitas e nas sinagogas?

Aqui, no país do “politicamente correto”, não se fala nada em público contra muçulmanos ou judeus e suas crenças, por exemplo. Discutir religião é visto como “de mau gosto”. Não se discutem o jejum durante o Ramadan ou a recusa ao consumo de carne suína por motivos religiosos. Mas, considera-se ridículo não fazer um churrasco no feriado, “só porque” é sexta-feira da Semana Santa. Coisa de fundamentalista, é claro “!”.

Desenhos publicados na Dinamarca levaram a protestos em todo o Islã. Quem comenta qualquer coisa com relação aos judeus, aqui, só pode ser um nazista que ignora o Holocausto. Mas, falar mal de cristão não representa problema algum.

A gota d’água, que fez o copo transbordar, parece ter sido a crítica pela existência de exemplares da Bíblia, nos quartos dos hotéis de Estocolmo. Alguém, alegando que se sentia constrangido pela presença da Bíblia na gaveta da sua mesinha de cabeceira, solicitou sua retirada. E uma cadeia de hotéis “moderna” aproveitou a deixa para fazer o anúncio de que, a partir daquele momento, não haveria mais “problema”. O livro constrangedor seria retirado de circulação”!”.

A reação não tardou a chegar, com cartas e mais cartas às redações, protestando. Filmes de pornografia disponíveis em circuito interno de TV não ofendem ninguém, tudo bem! Mas “aquele livro”!?

Imagino que seja por essas e outras razões que tenha surgido a ideia da Manifestação por Jesus (Jesusmanifestationen).

No dia 3 de maio de 2008, pela primeira vez, milhares de moradores de Estocolmo saíram às ruas para, em missas, orações, cânticos, cerimônias e palestras, demonstrar sua fé cristã. Em praças e jardins, reuniram-se cristãos suecos e imigrantes, para anunciar as mensagens de Jesus Cristo, em cerca de 20 idiomas diferentes.

Não me pergunte a razão, não me lembro o porquê, mas não estive lá! Perdi a chance? Não.

Neste sábado, 2 de maio de 2009, foi a segunda Manifestação por Jesus em Estocolmo.

Desde cedo, nas diversas praças da cidade, diferentes líderes das mais diversas igrejas cristãs foram os anfitriões. Os católicos nos reunimos na Mynttorget, na cidade antiga, Gamla Stan. Dali, fizemos a caminhada a Kungsträdgården. No Jardim Real foi a concentração, a partir das três da tarde, de todos os manifestantes vindos dos quatro cantos da cidade.

Estocolmo estava bonita, com toda aquela paz e aquela alegria que vêm do “amai-vos uns aos outros”.

Você perguntará: mas manifestar exatamente o que, cara-pálida?

E eu respondo com Paulo: que não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; que nenhum de nós está sozinho, porque somos um em Cristo Jesus. E que você também é bem-vindo.

Abaixo essa tal de Cristofobia!

Sandra Paulsen

* Leitora do blog do Ricardo Noblat, Sandra Paulsen, casada, mãe de dois filhos, é baiana de Itabuna. Fez mestrado em Economia na UnB. Morou em Santiago do Chile nos anos 90. Vive há quase uma década em Estocolmo, onde concluiu doutorado em Economia Ambiental. Escreve no Blog sempre às segundas e sextas.

Fonte: Julio Severo; imagem de Viktoriya Kirillova em 123 Royalty Free

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Rob Bell - 06 - Kickball



Andei sme postar uns dias mais ja voltei a ativa e pra comemorar vai ao o kickball.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Faculdade Pública ou Particular?


Está na hora de escolher uma faculdade? Tem dúvidas se presta vestibular em uma pública ou particular?

O insoonia ajuda você nessa decisão tão importante! Atente para as diferenças, vantagens e desvantagens.

Definição

Como sabemos, faculdade se divide em duas vertentes, a Particular - em qual você paga - e a Pública, na qual você também paga! Vejamos abaixo suas definições:

Faculdade Pública:

É aquela mantida com o nosso dinheiro pro sustento de playboyzinhos que na maioria das vezes teriam condições de pagar uma escola particular, sendo que esta fica destinada a quem vive na miséria, normalmente tendo que trabalhar de dia para estudar a noite, sendo assim a maior reversal russa da educação brasileira.

Lá tudo pode ser uma beleza ou apenas uma tristeza. Dependendo, você pode encontrar tudo legalizado e você pode ter férias quando você mais precisa, por causa das greves ou apenas uma imensão depressão quando você está sério a respeito dos estudos e encontra tudo numa imensidão precária ou você pode encontrar o contrário do já dito.

Dependendo da faculdade publica ou federal, você pode até se dar bem na vida, se você conseguir sair dela…

Faculdade Particular:

É aquela mantida também com o nosso dinheiro, só que a benefício dos reitores e tesoureiros desta “Grande Empresa e Pequenos Ensinos”.

As Faculdades Particulares são muito boas, só em comissão “ar-condicionado”. Se você der sorte, você pode até estar numa sala que tem um ar-condicionado central, ou se for mais azarado, sentar numa que tenha 2 ar-condicionados normais, ou se for muito azarado mesmo, você pode sentar numa sala antiga e pegar ventiladores presos ao teto ou nas paredes e algumas infiltrações na parede.

Dependendo da faculdade particular, você pode tirar onda com seus amigos e… e… ser alguém na vida.

Alunos da Particular

Eles, geralmente, se vestem bem e se produzem como bonecas (unissex). São fortes ou gostosas, vão para o bar, andam, geralmente, com os carros do pai (ou da mãe)

Eles viram seu amigo, se for de interesse em ajudá-lo a se formar, ou passar de ano ou período.

Eles tentam ser sério quando entram, falam “agora eu vou estudar”, mas sempre mudam de ideia uns 5 minutos depois, pois sabem que os pais pagam a faculdade pra ele e eles não têm a preocupação em gastar dinheiro à toa.

Alguns - em caso raro - pagam a própria faculdade, com o dinheiro suado de um trabalho, mas por eles estarem cansados, mudam de ideia fácil, e querem sempre o mais fácil das aulas ou apenas vão beber no bar.

Alunos da Pública

Muitos deles costumam estudar e serem sérios… antes de entrarem. Lá dentro, ficam eufóricos num país de fracassados alunos de particulares. Libertam-se da pressão da mãe e do pai e mudam radicalmente.

Em menos de um ano, começam a se vestir de formas variadas. As alterações mais radicais ocorrem nos ingressantes dos cursos de Filosofia, História e Ciências Sociais. As roupas das mulheres se tornam roxas, misturadas com verde, azul, lilás, abóbora, e com um cheiro típico de maconha. Quanto aos homens, crescem a barba pra ficarem como o Che Guevara, e tiram onda com uma carinha de Los hermanos, enquanto bebem uma cerveja no horário das aulas.

Ninguém acredita como os pré-vestibulandos se transformam…

Professores da Pública

Normalmente, durante 3 períodos os alunos de faculdades públicas não conhecem seus professores pessoalmente. As aulas são ministradas por alunos de pós-graduação, ou professores substitutos, muitas vezes com formação bizarramente diferente da aula, como Engenheiros Agrônomos dando aulas de Angiologia, e vice-versa.

Quando vêm a conhecer seus professores esses têm o habito de, em uma aula de 50 minutos, chegar 20 atrasados, sair 10 adiantados e durante 20 minutos ficarem contando piadinhas sobre as burrices expelidas por alunos de particulares.

Professores da Particular

Normalmente, você chega a conhecer seu professor desde o primeiro dia, isso quando ele vem pra aula e não resolve “ir tomar um cafézinho” ou ficar na sala dos professores.

Na maioria das vezes, é típico primário: você se apresenta formalmente, e ainda passa a conhecer seus amiguinhos de classe.

Quando eles estão com vontade de dar aula, eles explicam tudo direitinho, não falam palavrões e são bem-educadinhos; pelo contrário, eles te xingam (internamente), te ignoram e, quando estão errados, não admitem o próprio erro.

Professores de particular também dão aula nas públicas, e sempre falam mal de ambas as faculdades, e, no final, acabam saindo com seu dinheirinho no bolso e ainda fazem greve.

Vantagens & Desvantagens da Particular

  • Vantagens
  1. Você tem amigos ricos ou semi-ricos.
  2. Você vai para o bar.
  3. Você faz novas amizades.
  4. Você tem sala com ar-condicionado.
  5. Você pode falar que tem dinheiro.
  • Desvantagens
  1. Você não pode tirar onda falando que é de pública ou federal.
  2. Você vai demorar pra sair da faculdade.
  3. Você gasta dinheiro.
  4. Você gasta mais dinheiro.
  5. Você perde dinheiro.

Vantagens & Desvantagens da Pública

  • Vantagens
  1. Você tem um bom curriculum.
  2. Você não gasta dinheiro quando não precisa mudar de cidade.
  3. Você entra de férias de surpresa.
  4. Você pode legalizar suas drogas.
  5. Você pode falar que só gasta dinheiro uma vez quando não precisa mudar de cidade.
  • Desvantagens
  1. Cai goteira em você.
  2. Cai pedaços da parede em você.
  3. Você morre de calor.
  4. Seus professores são mais turistas do que você.
  5. Você se fode quando suas “férias surpresa” aparecem.

Espero que tenhamos ajudado! :)

É claro que isso é uma sátira. Mas convenhamos, tem um fundinho de verdade! hahahaha

Quem não entendeu o texto, com certeza estuda numa particular, no qual nem precisou prestar vestibular, simplesmente jogou sua identidade na porta da facu e foi chamado! :D

Equivalência do tempo na internet

De Luther King a Obama…

O que você quer ser quando crescer?



terça-feira, 12 de maio de 2009

segunda-feira, 11 de maio de 2009

COMPLICADO É A VIDA. COMO ENTENDÊ-LA?

Foto: Fernado figureido
.
.
Quem consegue entender a vida?

Vida, medida pelo tempo, passado, presente, futuro, chega-se ao final da trajetória, não sabendo definir em que tempo vive.

Complicado!

Complicado, é a razão do tempo para definir ou determinar exatamente o tempo real ou absoluto do último instante em que se executa uma ação.

Que vida complicada!

Complicados são os padrões que a vida é submetida, que não deixa lacuna para o entendimento, os sistemas sociais como: normas, preconceitos, tradições, culturas, religiões, e os demais hábitos populares, tornam-se verdadeiras teias para a vida.

Onde o sujeito da ação fica oculto, porque só o tempo é o dono absoluto, o conhecimento se torna escravo do sistema, a liberdade é obrigada a se oprimir pelo o sistema arcaico que predomina como se fosse o dono absoluto da razão.

Tenta-se aprender com o passado, querendo viver melhor no presente.

Mais o Presente que deveria ser vivido é apenas um transporte para um tempo desconhecido, que se chama futuro.

O futuro como dono absoluto do tempo esmaga o presente no passado tirando o direito de se viver um momento maior.

O que nos resta é apenas fração de minuto no relógio do tempo, para executar uma ação. A expressão usada “você rouba o tempo” é obsoleto. Porque o próprio tempo rouba o direito que, imaginamos ter para tomar uma decisão.

Ao Término deste pensamento não consegui descobrir se o escrevi no passado, no presente ou no futuro. Só o tempo permitirá descobrir o exato momento.

Quem pode entender a vida através do tempo que lhe é devido?

Complicado, quem entenderá?


Antônio Manoel

Amar não é sinônimo de jogar

Baralho love
Certa vez li em algum lugar que não existe ser hipócrita mais espontâneo que o apaixonado. Nessa concepção o apaixonado cria e veste uma máscara para agradar e encantar o objeto de seu amor da melhor forma possível. O pior perigo não se encontra nem na paixão e nem em “ser naturalmente fingido”, mas sim na defraudação de provocar desejos e expectativas que nunca serão (ou poderão ser) saciadas ou mesmo o contrário de alimentar provocações que nunca serão (ou poderão ser) correspondidas.

É importante tocar num assunto que toca a todos nós seres que amamos, sonhamos e sentimos. Porém ao pensar sobre isso me lembrei do quão injusto e covarde fui com algumas meninas. Não que errei em apaixonar (e quem pode impedir isso por completo?), mas ao conquistar o desejo delas eu me afastava por ser ilícito. E o é, ficar ou namorar informalmente bem cedo (antes dos 16 anos, por exemplo) passa longe do compromisso e plano ideal de Deus para o “uma só carne” de um casamento sadio. Mas errei feio em me aproximar mais de garotas das quais poderia ser apenas amigo, ou até um bom amigo.

Garotos e garotas muitas vezes fingem não conhecer o imenso poder de atração que uma amizade muito próxima pode gerar. O cuidado de esperar por um verdadeiro amor muitas vezes é difícil, e quem disse que é fácil? A porta é estreita, mas compensa bastante se espremer um pouco, basta comparar o tempo em que se demora para passar espremido por uma porta com o tempo que sobra para desfrutar do amplo cômodo seguro.

sábado, 9 de maio de 2009

Vamos rir porque rir ainda é o melhor remedio! =]



Dicas pro FDS.





quinta-feira, 7 de maio de 2009

Nooma 05 #- Noise


Olá, pessoas... com vocês o quinto episódio da série Nooma - “Noise” (Ruidos). Neste episódio Rob Bell nos fala da importância do silêncio e de como nos prepararmos para desfrutar a presença de Deus. Aproveitem as idéias e conceitos que ele lança através de boas metáforas, discursando de forma criativa sobre Deus. Em apenas 10 minutos Rob conta alguma história ou conversa alguma coisa com os telespectadores.


quarta-feira, 6 de maio de 2009

Mera coincidência?

old bible opend up on window sill with palms off to the side O menor capítulo da Bíblia é o Salmo 117.

O maior capítulo da Bíblia é o Salmo 119.

O capítulo central da Bíblia é o Salmo 118.

Há exatamente 594 capítulos antes e depois do Salmo 118.

Somando estes números (594+594), teremos 1188.

O versículo central da Bíblia é o Salmo 118:8.

Esse versículo, que é o centro físico da Revelação Bíblica - fala algo significante acerca da perfeita vontade de Deus para nossas vidas.

“MELHOR É BUSCAR REFÚGIO NO SENHOR DO QUE CONFIAR NO HOMEM”
(Salmo 118:8)

Simples coincidência ou uma mensagem direta ?

10 coisas que seus bisnetos não lembrarão

O tempo é como uma espécie de prostituta. As coisas mudam, as coisas vêm e vão justamente quando você estava aprendendo a se acostumar com elas. Algumas pessoas aprendem melhores formas de fazer as coisas e importunam-se de forma soberana se as coisas que aprenderam a gostar se tornam ultrapassadas.

Portanto, para que você se sinta bem velho e para lembrá-lo de sua própria mortalidade, esta lista de 10 coisas que conhecemos agora foi elaborada, mas que seus bisnetos vão morrer de rir ao saber que usávamos ou fazíamos.

1 - Jornais diários impressos

lembranca_bisneto_01Os diários sofreram um grande golpe com esta economia fajuta, mas sinceramente, é algo que já estava por acontecer. Um diário impresso simplesmente não pode competir com a internet e a televisão neste mundo globalizado, o que significa que os jornais logo logo só servirão para embrulhar o peixe da feira, para forrar o fundo de gaiolas ou para perder tempo no banheiro do trabalho.

Muitos diários já passaram, com sucesso, às notícias on-line, e muitos deles estão abandonando suas impressoras para sempre também em busca das notícias on-line. Pode ser que restem uns poucos, alguns dos maiores, como o New York Times, mas quando seus bisnetos recordarem, os jornais impressos serão um clássico.

2 - Os fumantes

lembranca_bisneto_02Provavelmente o cigarro deixe de existir quando a indústria do fumo deixe de ser interessante para os governos, quando a fila do SUS para tratamento de doenças e cancros causados pelo fumo seja maior que os ganhos auferidos com os altos impostos sobre a droga. E podem acreditar, não está muito longe disso acontecer. Não demorará muito em chegar o momento em que a maior parte do mundo ocidental tenha perdido todo seu interesse pela endemoniada erva marrom. Claro que nem todo mundo vai deixar de fumar, mas a cada vez é menos popular, menos e menos proeminente, até ao ponto de que seu bisneto perguntará se “…está tudo bem com a sua cabeça?” quando ver alguém de pé na esquina de uma rua qualquer com fumaça saindo da cara.

3 - Perder-se

lembranca_bisneto_03Com dispositivos de localização GPS, ou ao menos com dispositivos nos carros e telefones móveis capazes de calcular sua posição mediante os sinais captados por um triângulo de antenas de telefonia móvel, não passará muito tempo antes que a tecnologia esteja em seu relógio de pulso, sua caneca de café ou em seus sapatos.

Pois assim será para seus filhos e netos, a capacidade de explicar direções a alguém será uma arte perdida, e tratar de folhear as páginas amarelas para buscar o mecânico mais próximo será nada mais que um costume tão ultrapassado como escrever cartas em papel de arroz. Ao menos seus netos seguirão dirigindo carros, mas os bisnetos provavelmente nem saberão o que é isto, aproveitarão para tirar uma soneca no caminho para o trabalho em seus carros automáticos ou que viajam por trilhos invisíveis.

4 - Computadores pessoais de mesa

lembranca_bisneto_04Nos anos 60, as visões de futuro projetavam uma casa cheia de enormes caixas de metal com luzes para diversas tarefas como fazer as compras, pedir refeições ou mandar o robô-assistente limpar a casa. Eles não estavam de todo errados. Hoje temos uma caixa para todas essas coisas (exceto o do robô, isso estamos ainda esperando), mas podemos supor que em uma ou duas gerações esta caixa não existirá mais. A ideia de ter uma base permanente de trabalho localizada em uma caixa prateada ou de plástico bege em seu escritório, vai desaparecer logo, da mesma forma que estão desaparecendo os arquivos e as máquinas de escrever. Teus netos não vão fazer os deveres ou navegar pela internet inclinados em uma cadeira diante de uma tela sobre uma mesinha, senão em rolos flexíveis ou cristais, pôsteres ou projeções flutuantes no ar. Olharemos para atrás e recordaremos o tempo dos computadores de mesa com todos seus incômodos cabos e vamos rir… muito.

5 - HIV/AIDS

lembranca_bisneto_051Na década de 80, todo mundo pensava que a AIDS iria eliminar toda a raça humana. E então descobrimos ainda no início que a doença estava matando sobretudo os gays, de modo que todos, exceto os gays, suspiramos aliviados. Até que Magic Johnson contou que estava com o HIV e ficou então evidente que não era uma doença que somente afetasse os homossexuais, todos ficaram nervosos outra vez. Mas passaram se os anos e Magic Johnson não morreu de AIDS, e os avanços na medicina chegaram até ao ponto de que ter o HIV já não é mais a mesma pena de morte instantânea que costumava ser, senão uma inconveniência menor. E nestes últimos dois anos estamos vendo vários novos enfoques na tentativa de combater e destruir o vírus do HIV. Dentro de 10-20 anos, provavelmente nem recordaremos o que era a AIDS, e será uma outra vacina a ser tomada na infância como a da poliomielite.

6 - Vídeo locadoras e lojas de discos

lembranca_bisneto_06Há anos, quando a internet recém estreava, muita gente predisse a morte rápida das locadoras e das lojas de discos. Ainda que as locadoras de filmes sejam muitas após a migração das fitas para os CDs/DVDs as lojas de discos praticamente inexistem. E a tendência é que os dois acabem por causa das descargas mais baratas, gratuitas e/ou piratas. Para que ir até a Blockbuster quando todo o seu acervo está a um clique do mouse nos torrents? Pra que ir a uma loja de discos se você pode baixar todo o álbum no Amazon ou iTunes? Nos últimos anos, locadoras e lojas de discos estão fechando suas portas a torto e a direito. No futuro, os únicos que prosperarão serão os que atendem pequenos nichos de mercado, como as lojas independentes que oferecem clássicos, e artigos difíceis de encontrar ou de colecionadores.

7 - Líderes diferentes

lembranca_bisneto_07Só porque os EUA tem seu primeiro presidente negro não significa que nunca mais irão ter um homem branco como presidente. Obviamente. Mas o que sim significa é que os meninos que crescem hoje em dia já não assumem que seu presidente tenha que ser branco nem que tenha que ser homem e muito menos que tenha que estudar. Conquanto o mundo da política ainda está dominado principalmente por homens brancos, não me surpreenderia que no lapso dos próximos presidentes tenhamos nossa primeira mulher presidente (Dilma, a terrorista não, pelo amor de Deus) ou talvez nosso primeiro presidente analfabeto (aliás, esse já foi escolhido), ou um presidente gay (que perigo).

8 - Telefones fixos

lembranca_bisneto_08Mais e mais, as pessoas estão decidindo que simplesmente não vale a pena pagar por um serviço de telefonia fixa e um outro serviço de telefonia móvel, e podemos supor que esta tendência continuará no futuro. Eu somente mantenho a assinatura da Brasiltelecom por causa da velocidade da ADSL. Quando estes serviços, como o da Claro, forem confiáveis e tiverem melhores velocidades, a Brasiltelecom vai falir. E em 10-20 anos, não fará sentido manter os cabos que vão a um dispositivo externo só para chamadas telefônicas. Será como um homem solteiro ter uma máquina em casa que só lava calcinhas e nada mais.

9 - Ensinar caligrafia

lembranca_bisneto_09Antes as escolas faziam muita questão em ensinar os alunos a escrever a mão e sobretudo a ter uma boa caligrafia. Inclusive existia até um caderno apropriado para este ensino. Crescer e ter uma letra bonita era um elemento essencial de trabalho e uma habilidade para toda uma vida, já que as pessoas eram obrigadas a escrever rápido e de forma legível, era importante. Agora, só escrevemos no post-it ou uma lista para o supermercado ou a folha de anotação do jogo de baralho… e olhe lá. Hoje ninguém mais está interessado na sua bela caligrafia… tudo se resume a e-mails, mensagens de texto, tudo é eletrônico e digital, e as escolas estão respondendo tirando a escrita manuscrita e a caligrafia de seu currículo.

10 - Ligar dispositivos eletrônicos

lembranca_bisneto_10Não existe maior sinônimo da vida moderna, e no entanto, é algo que está a ponto de acabar para sempre. Olhe ai ao seu redor agora e veja a quantidade de dispositivos que necessitam de cabos para serem ligados até uma tomada. Um grande problema e é arcaico. Logo logo esse emaranhado de cabos virará lixo com o fluxo de elétrons livres pelo ar. A tecnologia é ainda nova, mas está avançando rapidamente. Ainda há algum trabalho por fazer, mas quando seus bisnetos tenham idade suficiente para se sentirem nostálgicos com o passado, olharão imagens da vida do princípio do século XXI, com cabos e cabos em todas partes e acharão tão pitorescos como girar uma manivela de arranque para ligar um automóvel.